Translate

domingo, 24 de junho de 2018

Karina Bacchi e o DNA do seu primeiro filho

(Google Translator Up)

A Karina Bacchi, quando resolveu ser mãe, falou com seu companheiro na época e ele como já tinha filhos não aceitou.

A Karina queria muito ser mãe porque já tinha 41 anos, ela não tem as trompas onde passa o óvulo, por problema de saúde ela precisou retirar as trompas.

Como Karina sonhava em ser mãe, ela resolveu terminar com seu ex-marido e correr atrás do seu sonho de ser mãe, então se tornou mãe solteira, foi aos Estados Unidos e escolheu um doador que lá pode mostra as fotos de infância e no Brasil isso não existe. 

Na hora que o óvulo estava no potinho fora do útero da Karina, o médico perguntou se ela queria saber se era menino ou menina, ela ficou surpresa, pois não sabia que podia saber ali o sexo do bebê. Karina sentia que seria mãe de um menino. Veja a reportagem da RECORD. A vida começa no momento que o óvulo é fertilizado ainda dentro das trompas.

Compre na sua loja online preferida e ganha desconto e DINHEIRO Clica Aqui

Compre na loja, vai produto a mais na CAIXA GRÁTIS






4 comentários:

  1. Amei saber um pouquinho mais da história dela e dessa gravidez!
    Beijos.

    caroleseusesmaltes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que demais isso né ? Nada como ter dinheiro... se eu tivesse acho que faria isso também pra dar um irmãozinho pra minha princesa :)

    E o filho dela é a coisa mais linda do mundo né :)

    Beijo !

    | Afonso Padilha . Detalhadamente - Instagram |

    | O Blog Que Não é Blog - Instagram |

    | Uni Colorato - Instagram |

    | O Blog Que Não é Blog |

    ResponderExcluir